Televendas: (11) 2039-5808
Todos os
departamentos

    40%OFF

    Par de molas Dianteira Monza - Fabrini I-CH0255

    Cód. Ref.
    I-CH0255
    Descrição do produto

    Par de molas Dianteira Fabrini Monza - Código I-CH0255


    Aplicação (As aplicações apresentadas na imagem do produto, são resumidas. Segue abaixo lista de aplicações completa)

    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 com Ar e sem transmissão automática 1991 até 1996
    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 sem Ar e com transmissão automática 1991 até 1996
    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 com Ar e com transmissão automática 1991 até 1996


    Código de conversão (código de outras marcas para a mesma aplicação)

    ECHE52 (COFAP)


    • As Molas Fabrini são responsáveis por absorverem os impactos provocados por irregularidades do piso e outros buracos encontrados nas estradas, ruas e avenidas que encontramos no dia a dia.

    • Além disso, as Molas Fabrini também garantem a altura, o equilíbrio e estabilidade do veículo em freadas ou curvas. Justamente por isso, são consideradas um item essencial da suspensão e segurança dos motoristas e passageiros.

    • Especialistas indicam que, para preservar a sua segurança, a inspeção visual do estado das molas e do conjunto de suspensão deve ser feita a cada 10.000 km. A troca dos amortecedores deve ser feita entre 40.000 e 50.000 km rodados ou quando os elos (espirais) da mola estiverem batidos, se a pintura da mola estiver descascada, se os batentes estiverem danificados, quando o veículo estiver arriado ou quando a mola quebrar.


    Cuidados de Manuseio

    • As molas devem ser aplicadas por profissionais qualificados que possuem o treinamento e as ferramentas adequadas.

    • Em caso de corte dos elos, ou aquecimento das molas podem causar acidentes, pois as molas podem quebrar ou sair do alojamento da suspensão, além de implicar na perda de garantia.

    • Após a troca das molas, recomenda-se que as peças inutilizadas sejam enviadas para um centro de reciclagem, pois as molas helicoidais Fabrini são recicláveis.

    • É recomendado que a troca seja feita com a substituição das quatro pelas, ou em último caso, aos pares (dianteiro ou traseiro).



    Descrição completa
    Fabrini
    Par de molas Dianteira Monza - Fabrini I-CH0255
    De: R$ 146,39
    Por: R$ 87,83ou
    2x de R$ 43,91
    sem juros
    ComprarVendedor MERCADO DO MECÂNICO

    De: R$ 146,39Por: R$ 87,83ou X de

    Economia de R$ 58,56

    Comprar

    Descrição

    Descrição do produto

    Par de molas Dianteira Fabrini Monza - Código I-CH0255


    Aplicação (As aplicações apresentadas na imagem do produto, são resumidas. Segue abaixo lista de aplicações completa)

    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 com Ar e sem transmissão automática 1991 até 1996
    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 sem Ar e com transmissão automática 1991 até 1996
    Chevrolet: Monza 1.8/2.0 com Ar e com transmissão automática 1991 até 1996


    Código de conversão (código de outras marcas para a mesma aplicação)

    ECHE52 (COFAP)


    • As Molas Fabrini são responsáveis por absorverem os impactos provocados por irregularidades do piso e outros buracos encontrados nas estradas, ruas e avenidas que encontramos no dia a dia.

    • Além disso, as Molas Fabrini também garantem a altura, o equilíbrio e estabilidade do veículo em freadas ou curvas. Justamente por isso, são consideradas um item essencial da suspensão e segurança dos motoristas e passageiros.

    • Especialistas indicam que, para preservar a sua segurança, a inspeção visual do estado das molas e do conjunto de suspensão deve ser feita a cada 10.000 km. A troca dos amortecedores deve ser feita entre 40.000 e 50.000 km rodados ou quando os elos (espirais) da mola estiverem batidos, se a pintura da mola estiver descascada, se os batentes estiverem danificados, quando o veículo estiver arriado ou quando a mola quebrar.


    Cuidados de Manuseio

    • As molas devem ser aplicadas por profissionais qualificados que possuem o treinamento e as ferramentas adequadas.

    • Em caso de corte dos elos, ou aquecimento das molas podem causar acidentes, pois as molas podem quebrar ou sair do alojamento da suspensão, além de implicar na perda de garantia.

    • Após a troca das molas, recomenda-se que as peças inutilizadas sejam enviadas para um centro de reciclagem, pois as molas helicoidais Fabrini são recicláveis.

    • É recomendado que a troca seja feita com a substituição das quatro pelas, ou em último caso, aos pares (dianteiro ou traseiro).



    Avaliações do Produto

    Dúvidas dos Consumidores

    Ano

    Ano1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996

    Modelo e Versão

    Modelo VersaoChevrolet - Monza 1.8, Chevrolet - Monza 2.0

    Marca

    MontadoraChevrolet